PT | EN
PT | EN

João Mogo

Natural de Carviçais, inicia aos 12 anos os estudos musicais na Banda Filarmónica local. Em 1997 ingressa na Escola Profissional de Artes de Mirandela na classe do Professor Maciel Matos. Prossegue os estudos na Escola Profissional de Música de Espinho em 1999 com o Professor Jorge Almeida. Em 2002 é admitido na Academia Nacional Superior de Orquestra, onde inicia a Licenciatura em Trompete na Classe dos Professores David Burt, Rui Mirra e Sérgio Charrinho.
Em 2004 recebe uma bolsa (The College Swanston Fund) para prosseguir a licenciatura no Royal Northern College of Music em Manchester com os Professores John Miller e Murray Greig, concluindo o grau de licenciatura em 2007. No RNCM actuou em diversos ensembles e orquestras onde inclusive estriou uma peça para trompete solo e Brass Band no RNCM Brass Festival de 2007.
Ainda em 2007, ganhou o concurso para 1º trompete da Orquestra Clássica de Espinho.
Neste mesmo ano, recebe uma bolsa da Royal Scottish Academy of Music and Drama para prosseguir os estudos com os Professores John Wallace, Mark O’Keefe e Peter Franks, onde conclui com nota elevada a sua Pós-Graduação em 2008. Participou nos principais ensembles e orquestras da RSAMD assim como também se apresentou a solo com a RSAMD Chamber Orchestra ao interpretar o concerto de Vivaldi para dois trompetes.
Participou em diversos Master-Classes com Häkan Hardenberger, Jan Frederick Christiansen, Allen Vizzutti, Philip Smith, Thomas Stevens, Matthias Höfs, Michael Sachs, Alison Balsom, Markus Stockhausen e The Canadian Brass. Fez estágios com Orquestras de Jovens em Portugal e Escócia.
Até agora colaborou com Orquestras e Ensembles tais como BBC Scottish Symphony Orchestra, Orchestra of Opera North, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Algarve, Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra da Extremadura e Quinteto de Metais do Seixal.
Já trabalhou sob a batuta de Maestros como Vassily Sinaisky, Ilan Volkov, Gianandrea Noseda, Takuo Yuasa, Stephane Deneve, Andris Nelsons, Elgar Howarth, Martin André, Ernst Schelle, Patrick Lange, Marc Tardue, Baldur Bronnimann, Philippe Bach, Jean-Marc Burfin, Cesário Costa, Brian Shembri, Alvaro Cassuto, Pedro Neves entre outros.
É membro fundador do Ensemble Português de Trompetes, grupo com o qual em 2004 e 2006, foi convidado para participar no International Trumpet Guide (ITG) em Denver, Colorado e Glassboro, New Jersey (USA) assim como The Skyline Brass Quintet, vencedores do concurso Philip Jones Brass Prize em 2007 e semifinalistas do Royal Overseas League Chamber Music Competition, com quem realizou recitais por todo o Reino Unido e Itália incluindo a famosa sala de concertos St. Martin in the Fields em Londres.
Apresentou a solo com a Orquestra do Algarve, o concerto para trompete de J.N.Hummel e o concerto de Paul Hindemith para trompete e fagote.
Atualmente é professor no Conservatório Regional do Algarve Maria Campina, Escola das Artes de Sines e, desde 2008, Solista B da Orquestra do Algarve, estando a exercer funções de Solista A desde Maio 2011 até a atualidade.
João Mogo é artista Vincent Bach e toca com trompetes Bach Artisan.

Natural de Carviçais, inicia aos 12 anos os estudos musicais na Banda Filarmónica local. Em 1997 ingressa na Escola Profissional de Artes de Mirandela na classe do Professor Maciel Matos. Prossegue os estudos na Escola Profissional de Música de Espinho em 1999 com o Professor Jorge Almeida. Em 2002 é admitido na Academia Nacional Superior de Orquestra, onde inicia a Licenciatura em Trompete na Classe dos Professores David Burt, Rui Mirra e Sérgio Charrinho.

Em 2004 recebe uma bolsa (The College Swanston Fund) para prosseguir a licenciatura no Royal Northern College of Music em Manchester com os Professores John Miller e Murray Greig, concluindo o grau de licenciatura em 2007. No RNCM actuou em diversos ensembles e orquestras onde inclusive estriou uma peça para trompete solo e Brass Band no RNCM Brass Festival de 2007.

Ainda em 2007, ganhou o concurso para 1º trompete da Orquestra Clássica de Espinho.

Neste mesmo ano, recebe uma bolsa da Royal Scottish Academy of Music and Drama para prosseguir os estudos com os Professores John Wallace, Mark O’Keefe e Peter Franks, onde conclui com nota elevada a sua Pós-Graduação em 2008. Participou nos principais ensembles e orquestras da RSAMD assim como também se apresentou a solo com a RSAMD Chamber Orchestra ao interpretar o concerto de Vivaldi para dois trompetes.

Participou em diversos Master-Classes com Häkan Hardenberger, Jan Frederick Christiansen, Allen Vizzutti, Philip Smith, Thomas Stevens, Matthias Höfs, Michael Sachs, Alison Balsom, Markus Stockhausen e The Canadian Brass. Fez estágios com Orquestras de Jovens em Portugal e Escócia.

Até agora colaborou com Orquestras e Ensembles tais como BBC Scottish Symphony Orchestra, Orchestra of Opera North, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Algarve, Orquestra Clássica da Madeira, Orquestra da Extremadura e Quinteto de Metais do Seixal.

Já trabalhou sob a batuta de Maestros como Vassily Sinaisky, Ilan Volkov, Gianandrea Noseda, Takuo Yuasa, Stephane Deneve, Andris Nelsons, Elgar Howarth, Martin André, Ernst Schelle, Patrick Lange, Marc Tardue, Baldur Bronnimann, Philippe Bach, Jean-Marc Burfin, Cesário Costa, Brian Shembri, Alvaro Cassuto, Pedro Neves entre outros.

É membro fundador do Ensemble Português de Trompetes, grupo com o qual em 2004 e 2006, foi convidado para participar no International Trumpet Guide (ITG) em Denver, Colorado e Glassboro, New Jersey (USA) assim como The Skyline Brass Quintet, vencedores do concurso Philip Jones Brass Prize em 2007 e semifinalistas do Royal Overseas League Chamber Music Competition, com quem realizou recitais por todo o Reino Unido e Itália incluindo a famosa sala de concertos St. Martin in the Fields em Londres.

Apresentou a solo com a Orquestra do Algarve, o concerto para trompete de J.N.Hummel e o concerto de Paul Hindemith para trompete e fagote.

Atualmente é professor no Conservatório Regional do Algarve Maria Campina, Escola das Artes de Sines e, desde 2008, Solista B da Orquestra do Algarve, agora designada Orq uestra Clássica do Sul.

João Mogo é artista Vincent Bach e toca com trompetes Bach Artisan.

voltar

FIMA | Serenatas e Sinfonias de Câmara (Música de Câmara)

30/ABRIL/DOMINGO FARO | IGREJA DA MISERICÓRDIA (SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE FARO) 19h00 Bilhetes: 8€ A. CASELLA Serenata para Clarinete, Fagote, Trompete, Violino e Violoncelo, Op. 46 C. GOUNOD Petite Symphonie para Sopros

saber mais

FIMA | Matrioska (Bailado)

07/MAIO/DOMINGO
FARO | GRANDE AUDITÓRIO DE GAMBELAS - UNIVERSIDADE DO ALGARVE
19h00

saber mais

Se deseja receber notícias sobre futuros eventos, subscreva a nossa newsletter

Morada
Rua João Brito Vargas
Casa das Figuras
8005-541 Faro
Siga-nos