PT | EN
PT | EN

Joaquim Moita

 

Foi solista com a orquestra de Évora e pela Orquestra de Câmara de Cascais, onde se apresentou a solo não só em Portugal como no estrangeiro, participando no XVI Festival Internacional de Música Ibérica em Espanha (Badajoz).
Foi admitido na orquestra “Des jeunes de la Meditterraneé” em França, tendo realizado concertos em vários países mediterrânicos. Foi 1º fagote na Orquestra de Câmara de Cascais, sendo também convidado a colaborar com a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa e a Orquestra Metropolitana de Lisboa.
Estudou com Arlindo Santos, Stefano Canuti, André Senedat, entre outros. Neste momento é 1º fagote na Orquestra Clássica do Sul (anterior Orquestra do Algarve).

Joaquim Moita é natural de Moura e de nacionalidade portuguesa. Frequenta o curso de fagote na Escola Superior de Música de Lisboa, tendo como professor Arlindo Santos.

Em 1998, efectuou os seus estudos de fagote na Escola Profissional de Música de Évora, terminando com nota máxima.

Foi solista com a orquestra de Évora e pela Orquestra de Câmara de Cascais, onde se apresentou a solo não só em Portugal como no estrangeiro, participando no XVI Festival Internacional de Música Ibérica em Espanha (Badajoz).
Foi admitido na orquestra “Des jeunes de la Meditterraneé” em França, tendo realizado concertos em vários países mediterrânicos. Foi 1º fagote na Orquestra de Câmara de Cascais, sendo também convidado a colaborar com a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa e a Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Estudou com Arlindo Santos, Stefano Canuti, André Senedat, entre outros. Neste momento é 1º fagote na Orquestra Clássica do Sul (anterior Orquestra do Algarve).

voltar

CONCERTO DE NATAL | Albufeira

15/12 6ªF
Albufeira
Auditório Municipal

saber mais

CONCERTO DE NATAL | Moncarapacho

16/12 Sáb.
Moncarapacho
Igreja Matriz

saber mais

Se deseja receber notícias sobre futuros eventos, subscreva a nossa newsletter

Morada
Rua João Brito Vargas
Casa das Figuras
8005-541 Faro
Siga-nos